O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

21 de Março - Dia Mundial do Sono - Males do sono são graves e podem levar à morte

- No Dia Mundial do Sono,  orientações gratuitas sobre questões como ronco, apneia e outras doenças, gratuitamente, no Shopping Tacaruna, das 10h às 20h -

Existem alguns males do sono que podem levar à morte. Os especialistas não se cansam de alertar sobre a necessidade de diagnosticar e tratar destes problemas. O ronco, sonolência excessiva durante o dia, a falta de memória, falta de concentração, irritabilidade e dores de cabeça, por exemplos, são os principais sintomas da síndrome da apneia obstrutiva do sono, doença que atinge principalmente homens e mulheres que já estão na menopausa.

 E é para conscientizar a população quanto à necessidade do diagnóstico e tratamento dos distúrbios do sono que a Interne Soluções e Saúde, na Ilha do Leite, se junta a Lumiar para levar à população esclarecimentos gratuitos, no Shopping Tacaruna, nesta quinta-feira, 21, Dia Mundial do Sono. No estande montado  (em frente à PBKids), uma equipe multidisciplinar - médicos, fisioterapeutas, fonoterapeutas, entre outros profissionais da  saúde -, esclarecerão dúvidas e farão alertas sobre assuntos relacionados ao sono, das 10h às 20h. E dirão, ainda, como tratar.  "“"A apneia, por exemplo, diagnosticada com exames detalhados, já conta com procedimentos que vêm alcançando sucesso, feitos nos pacientes que passa uma noite completa de sono em laboratório especializado. A apneia possui tratamento e, em alguns casos, pode ser curada”, lembra Lidiane Santana, fisioterapeuta, especializada no assunto à frente do núcleo Durma Bem da Interne.

 "“"Enquanto dorme, uma pessoa com apneia pode ficar sem respirar por até 40 segundos. É que, caracterizada pelo fechamento repetitivo da passagem, do ar pela garganta durante o sono, a apneia pode interromper a respiração por todo este tempo. São essas paradas respiratórias que fazem com que o indivíduo tenha pequenos despertares durante a noite, interrompendo o sono e que prejudicam o descanso”, ressalta Lidiane. O resultado, segundo a especialista, é que durante o dia a pessoa sente sonolência excessiva enquanto assiste TV, a uma palestra ou mesmo enquanto dirige, o que se torna um perigo à vista. Outros sintomas são ainda falta de concentração, fadiga, alteração de humor, perda de memória, falta de libido.

 Pacientes com mais de cinco paradas respiratórias por hora de sono já são diagnosticadas com apneia. "“"Quando esse número sobe para trinta, o caso é considerado grave e merece atenção especial. A doença é progressiva e a tendência e piorar com o tempo. Quanto mais o paciente demora o tratamento, mas grave a apneia fica. Casos mais severos e que não são tratados pode resultar em morte. Pacientes com mais de trinta pausas respiratórias por hora têm índice alto de mortalidade. No Brasil, os números apontam um risco de 32% em um período de nove anos. A morte por apneia pode ser causada por um infarto ou por uma arritmia agudos”, destaca Lidiane Santana. Apesar de uma maior incidência em homens, a apneia noturna pode também afetar mulheres na menopausa ou qualquer pessoa que tenha problemas respiratórios. As chances de desenvolver a doença aumentam em pessoas que tenham problemas com peso, nasais ou que consumam álcool.

 Por ser uma interrupção da passagem de ar pela garganta durante o sono, a apneia pode ainda ser ainda causada pela oclusão dental ou pela deformidade de posicionamento da mandíbula. "“"Tais alterações maxilomandibulares são corrigidas somente por meio de uma cirurgia ortognática, que reposiciona os maxilares e cria uma via aérea permeável e livre”, lembra Sandra Jordão, odontologista do Sono.

 Existem casos e casos. Mas no tratamento da apneia, alguns passam a usar um aparelho chamado CPAP que funciona da seguinte forma: o aparelho, devidamente adaptado, envia pressão de ar comprimido pelo nariz, abrindo a garganta, por onde passa o ar mais facilmente. "“"Outros casos mais complicados exigem cirurgias ortodônticas, dependendo da anatomia da face do paciente. Com a cirurgia ortognática a via aérea fica maior, permitindo que o indivíduo respire melhor"“", afirma Sandra Jordão.

 A apneia também atinge crianças e adolescentes com problemas nasais ou com alergia respiratória. A diferença e que nas crianças a apneia se manifesta com uma hiperatividade. Os especialistas alertam ainda que crianças que sofrem dos males do sono tendem a ir mal na escola por ficarem irritadas com facilidade e com dificuldade de concentração. Podem também ter problemas de crescimento, uma vez que os hormônios do crescimento são produzidos durante o sono.

 Fatores que aumentam as chances de apneia

-Aumento de peso

-Envelhecimento

-Predisposição genética

-Problemas nasais  alergia, desvio de septo e sinusite)

-Uso de substancias, a exemplo do álcool e remédios para dormir.

 SERVIÇO

21 de Março- Dia Mundial do Sono -Ação Educativa e Preventiva

Onde: Shopping Tacaruna;Dia/ quinta-feira, dia 21 de março/2013;Hora: das 10 as 20h.

Contatos

Entrevistas

Lidiane Santana: (81) 963.34029 - Coordenadora Durmabem, Fisioterapeuta.

Sônia Dias: (81) 8670.0149 -  Gerente Lumiar;

Renata Sabino: (81) 9982.8255 Fonoterapeuta;

Sandra Jordão: (81) 9162.8936 - Odontologista do Sono

 Iniciativa:

Interne Soluções e Saúde (Endereço: Rua Marques Amorim, 444-Ilha do Leite) Fone: (81) 2123.0440

www.interne.com.br

Lumiar: (81) 3441.4536

Divulgação

SL.MCI- Assessoria de Comunicação : (81) 2101.0312

Sônia Lopes: (81)9976. 0342