O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Transtornos - Narcolepsia

Imagem meramente ilustrativa web

O que é

 É um transtorno que afeta tanto os homens quanto as mulheres e acontece geralmente entre os 15 e 30 anos. É caracterizado por ataques súbitos, inevitáveis e inadequados de sono. Por exemplo, durante uma prova, uma entrevista, o trabalho, a pessoa pode sentir um sono incontrolável e adormecer.

 Causas

 A narcolepsia é uma disfunção genética neurológica crônica, devido a não produção em quantidade suficiente o neurotransmissor estimulante, orexina. As crises são desencadeadas quando o cérebro, por engano, avisa que é hora de dormir, apesar de não ser noite e nem estar na cama. Desta forma o paciente adormece nas horas e locais mais impróprios.

 Durante as crises o paciente pode sentir uma perda súbita de força muscular (cataplexia), que afeta pequenos grupos de músculos relacionados aos joelhos, aos faciais, ao pescoço e à fala. Normalmente acontecem em situações de emoções fortes, boas ou más e, geralmente, o paciente tem consciência do que está acontecendo, apesar de não conseguir se manifestar.

 O narcoléptico pode também ter fenômenos semelhantes a alucinações, tanto ao adormecer quanto ao despertar, que na verdade são sonhos que ocorrem enquanto acordado. Outro problema causado é a paralisia do sono, ou seja, a perda dos movimentos pouco antes da pessoa adormecer e/ou despertar. A situação dura alguns segundos, mas sensação é pode ser assustadora.

 Tratamento

 Depois de feita uma análise do caso, o tratamento é feito por meio de medicamentos específicos. É preciso também melhorar a qualidade do sono. Pode ser necessário a adaptação do ambiente profissional e doméstico para evitar que o paciente se machuque.

 Fonte: http://www.fundasono.org.br/