O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Sono na adolescência

O dormir na adolescência é tão importante quanto em qualquer outra fase da vida, já que durante o sono importantes funções cerebrais ocorrem e o corpo se prepara para as atividades do dia. Portanto, o sono é vital para o bem estar, tanto quanto alimentar.

Os adolescentes levam de cinco a dez minutos para "“"pegar no sono” e, geralmente, precisam dormir em torno de 9 horas e meia por noite para desenvolver bem suas atividades diárias na escola e em casa.

O ideal é que, se estudam pela manhã, procurem ir para a cama mais cedo. Quando isto não acontece, pelo fato do jovem ficar acordado até mais tarde, seja no computador ou na televisão, quebra o ciclo natural do sono, criando uma série de situações conflituosas em casa, na escola e com ele mesmo. Sempre necessita da ajuda de um despertador ou de alguém da família para acorda-lo, está sempre atrasado para os seus compromissos e tem dificuldade de se manter alerta durante as aulas. Porque se privar do sono necessário, passa a sentir sonolência durante o dia e não sentir ânimo para estudar ou praticar esportes.

 A privação do sono nesta fase pode ter como consequências:

  • Limitar a capacidade de aprender, escutar, concentrar e resolver problemas, provocando baixo rendimento escolar.
  • Levar ao comportamento agressivo e à impaciência com os colegas, professores ou membros da família, gerando situações de conflito e ansiedade.
  • Provocar a ansiedade e fazer com que o jovem coma em demasia, levando ao ganho de peso.
  • Sonolência diurna com cochilos, atrapalhando o adolescente na realização de suas tarefas diárias.

Fonte: http://www.fundasono.org.br/