O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Apnéia obstrutiva do sono em adultos: nova diretriz de prática clínica do American College of Physicians


O American College of Physicians (ACP) desenvolveu esta diretriz para apresentar as provas e fornecer as recomendações clínicas sobre a gestão da apneia obstrutiva do sono (SAOS) em adultos.

Esta orientação é baseada na literatura, publicada de 1966 a setembro de 2010, que foi identificada nas bases de dados MEDLINE, Cochrane Central Register of Controlled Trials e no Cochrane Database of Systematic Reviews. Uma pesquisa suplementar no MEDLINE identificou artigos adicionais até outubro de 2012. As buscas foram limitadas a publicações em língua inglesa. Os desfechos clínicos avaliados por esta diretriz incluíram doença cardiovascular (como insuficiência cardíaca, hipertensão, acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio), diabetes tipo 2, morte, medidas de estudo do sono (como a apneia e hipopneia), medidas do status cardiovascular (como pressão arterial sanguínea), medidas do status de diabetes (tais como os níveis de hemoglobina A1c) e qualidade de vida. Esta diretriz avaliou as evidências e recomendações utilizando o sistema de classificação das práticas clínicas do ACP.


As principais recomendações são:

Recomendação 1: O ACP recomenda que todos os pacientes com sobrepeso e obesos diagnosticados com apneia obstrutiva do sono (SAOS) sejam encorajados a perder peso. (Grau: recomendação forte; evidências de baixa qualidade).

Recomendação 2: O ACP recomenda o tratamento com pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP) como terapia inicial para pacientes diagnosticados com SAOS. (Grau: recomendação forte; evidências de qualidade moderada).

Recomendação 3: O ACP recomenda dispositivos intraorais de avanço mandibular como uma terapia alternativa para o tratamento com pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP) para os pacientes diagnosticados com SAOS que preferem os dispositivos mandibulares ou para aqueles com efeitos adversos associados ao tratamento com CPAP. (Grau: recomendação fraca; evidências de baixa qualidade).


Fonte:http://www.news.med.br/p/medical-journal/500539/apneia+obstrutiva+do+sono+em+adultos+nova+diretriz+de+pratica+clinica+do+american+college+of+physicians.htm