O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Alho: o melhor tempero contra o câncer


Basta um dente de alho por dia para você começar a se prevenir de tumores dos pés à cabeça. Entenda como a poderosa especiaria defende o organismo contra o câncer



Passados milênios desde os primeiros registros sobre as propriedades do alho, o pequeno bulbo de gosto ardido e inconfundível continua surpreendendo. A última constatação a seu respeito vem do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Província de Jiangsu, na China. Os pesquisadores de lá descobriram, após analisar o hábito de cerca de 6 mil pessoas, que comer alho diariamente derruba em 44% o risco de câncer nos pulmões. E mesmo entre fumantes, que são muito mais expostos a essa ameaça, a taxa de incidência entre consumidores assíduos de alho era 30% menor.

O poder do Allium sativum, nome científico da erva, está relacionado particularmente a um elemento: a alicina. "Ela faz parte dos compostos organossulfurados, substâncias químicas que demonstram muitos benefícios à saúde", informa a nutricionista Jocelem Salgado, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (USP), em Piracicaba, no interior paulista. "Por ser um dos vegetais com maior concentração de alicina, o alho é considerado hoje um superalimento", ressalta.

O poder da alicina está em sua ação antioxidante. "Ela inibe os radicais livres, amenizando o envelhecimento celular, e isso diminui o risco de alguns tipos de câncer", diz a nutricionista Yara Severino de Queiroz, que avaliou o tempero em experimentos na Faculdade de Saúde Pública da USP. A alicina ainda resguarda diretamente o DNA das células. "Ela evita mutações no código genético, um dos gatilhos para tumores", diz o médico Alexandros Botsaris, presidente da Associação Brasileira de Fitoterapia. E a presença das vitaminas A e C e do selênio ? outros antioxidantes de peso ? reforçam seu efeito protetor.


Fonte: M de Mulher