O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Sono de má qualidade pode duplicar tamanho de câncer, diz estudo


O estudo foi o primeiro a demonstrar em animais os efeitos diretos do sono fragmentado em doenças como o câncer

Não ter uma boa noite de sono pode acelerar o crescimento do câncer e torná-lo mais agressivo, segundo pesquisa publicada na revista Cancer Reserach. Segundo os pesquisadores, a perturbação do sono pode causar diferenças notáveis na doença em apenas quatro semanas. As informações são do Daily Mail.

Para a descoberta, foram feitas experiências com ratos em laboratório. Os estudiosos injetaram células tumorais nos animais. Uma parte deles tiveram sono tranquilo e sem interrupções, a outra foi submetida a ruídos que faziam os ratos acordarem a cada dois minutos. Após quatro semanas, os tumores dos ratos que tiveram sono fragmentado estavam duas vezes maiores que os dos demais.

O estudo foi o primeiro a demonstrar em animais os efeitos diretos do sono fragmentado em doenças como o câncer. De acordo com o presidente da pediatria da Universidade do Hospital de Chicago, David Gozal, o sono de má qualidade interfere no sistema imunológico e, com isso, dá espaço para a doença agir de forma mais agressiva.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças estimam que cerca de 70 milhões de norte-americanos sofram de problemas crônicos de sono.


Fonte: Portal Terra