O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Estudo mostra que exercícios ajudam na prevenção da gripe


Especialistas estimam que duas horas e meia de exercício pesado por semana pode cortar o risco desta doença em até 10%

Exercitar-se 20 minutos por dia pode ajudar a evitar a gripe, dizem os cientistas. Eles estimam que duas horas e meia de exercício pesado por semana pode cortar o risco desta doença em até 10%. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Os números são da Flusurvey, um estudo online sobre gripe conduzido pela London School of Hygiene & Tropical Medicine, feito com 4.800 participantes.

Os resultados mostram que 100 casos de gripe a cada 1 mil pessoas podem ser prevenidos somente com atividade física.

No entanto, o exercício moderado parece ter um efeito pequeno nas taxas de propensão à gripe, o que significa que a intensidade é importante.

No Reino Unido, a recomendação semanal é de que as pessoas façam 150 minutos de atividade moderada como jardinagem, dança ou caminhada rápida; ou 75 minutos de exercício intenso incluindo jogar um esporte, correr ou fazer algum exercício aeróbico. Três a cada quatro britânicos não consegue alcançar este objetivo.

Outras descobertas da pesquisa confirmam os relatos de que o vírus da gripe neste inverno está entre os mais baixos dos últimos anos.

Alma Adler, embaixadora da National Science & Engineering Week e pesquisadora parceira da London School disse que é interessante a ligação entre a atividade física. “Exercício é algo que todo mundo pode fazer para reduzir as chances de se ter uma gripe”, afirmou. Segundo ela, a gripe pode ocorrer a qualquer momento, então vale se prevenir e, de quebra, entrar em forma.

A pesquisa online, que está em seu quinto ano, é um sistema online que busca medir as tendências da gripe por meio de um questionário online.

Os resultados são relatados ao governo e tem um papel fundamental no sentido de mostrar um panorama da gripe no Reino Unido, provendo dados que são muitas vezes perdidos, já que muita gente não chega a visitar um médico ou um hospital por conta da gripe.

 

Fonte:http://saude.terra.com.br/doencas-e-tratamentos/,97ea2b639d0d4410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html?fb_ref=FBRecommPluginTerra