O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Respire pelo nariz e viva melhor

Fonte: O Diário.com

Preocupados com a saúde respiratória da população brasileira, médicos da Academia Brasileira de Rinologia desenvolveram a campanha "Respire pelo Nariz e Viva Melhor". O objetivo é alertar e orientar a todos sobre as vantagens de se respirar pelo nariz e dos perigos e consequências que a sua ausência pode causar à saúde. 


Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que 70% da população mundial respiram de forma errada, prejudicando não apenas o sistema respiratório, mas também toda estrutura óssea facial, inclusive os dentes. Os pacientes que têm o hábito da respiração oral também estão sujeitos a apresentar apneia do sono, ronco, alterações de paladar, olfato, mastigação, voz, postura corporal, menor rendimento físico, inflamações no ouvido e garganta, entre outros sintomas.

A rinite é outra grande preocupação. Cerca de 30% da população brasileira pode respirar mal em função das rinites alérgicas. Estatística que pode aumentar em até 50% se consideradas outras doenças respiratórias. Quando inspirado pelo nariz, o ar é umedecido, aquecido e filtrado, evitando que as impurezas cheguem ao organismo. Por sua vez, a respiração pela boca não prejudica apenas o sistema respiratório, mas também gera impactos no desenvolvimento da estrutura óssea facial.

Além disso, a vida social de quem sofre deste problema também é prejudicada. A principal causa da respiração pela boca é a obstrução nasal. Nariz entupido não é uma doença, é um sintoma de que algo está errado. Os motivos variam de um resfriado comum e rinites até tumores, incluindo a hipertrofia (aumento) de amídalas e adenoides, desvio de septo.

As consequências também são diversas, dependendo da idade do paciente e da gravidade do problema. Em todos os casos é essencial o exame da cavidade nasal. O otorrinolaringologista dispõe de técnicas precisas para esta finalidade, como por exemplo a videoendoscopia nasal. A campanhaconta com apoio da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e dos laboratórios Aché, Glaxo SmithKlein e Nycomed.

Doenças nasais

Resfriado comum

O resfriado é causado pelo rinovírus. Caracteriza-se por sintomas leves e autolimitados: nariz entupido e secreção nasal de coloração variável. Febre e sintomas gerais (dor no corpo, mal-estar), se ocorrerem, são de baixa intensidade. Os sintomas melhoram sensivelmente em um período de três a quatro dias e a recuperação completa ocorre em cerca de dez dias. Costuma-se dizer que a diferença entre gripe e resfriado é que a primeira coloca o paciente na cama pelo maior comprometimento geral.

Rinite alérgica

A rinite alérgica é uma doença de caráter inflamatório iniciada por uma reação exagerada do organismo a substâncias estranhas (os chamados alérgenos). Este problema atinge cerca de 20% da população e pode ter caráter intermitente ou ser persistente. Os sintomas da rinite alérgica, em especial a obstrução nasal, levam a uma queda na qualidade do sono e consequentemente a uma diminuição no desempenho escolar e no trabalho. Os sintomas deste tipo de alergia são manifestados logo após alguns minutos do contato com a substância que provoca a alergia. Os alérgenos mais comuns são: os ácaros do pó caseiro, o pelo de animais, as gramíneas, os fungos, entre vários outros. Os principais sintomas da rinite são: obstrução nasal, coriza, espirros em sequência e coceira no nariz.

Sinusite

A sinusite é uma inflamação da mucosa que reveste internamente as cavidades internas dos ossos faciais, conhecidas como seios paranasais. Essas cavidades são revestidas por uma mucosa respiratória que secreta o muco, responsável por lubrificar as vias aéreas e remover as impurezas que respiramos. A sinusite aparece quando a mucosa é infectada por vírus, bactérias ou fungos. Os sintomas típicos são: obstrução nasal, catarro amarelo-esverdeado, sensação de pressão atrás das bochechas, aumento da congestão nasal, dor nos seios da face e até mesmo dor nos dentes superiores. É comum também a ocorrência de tosse e alteração do olfato.

Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono

A apneia ocorre quando há uma parada na respiração durante o sono. Essas paradas podem acontecer várias vezes por noite e ter intensidades variáveis. Os principais sintomas deste problema são o ronco noturno e o cansaço durante o dia, que ocorre em maior ou menor grau na maioria dos casos de apneia As principais consequências da síndrome da apneia obstrutiva do sono estão relacionadas à má qualidade de vida. Diversos fatores podem causar ou agravar o problema. Só um médico pode prescrever os medicamentos e o melhor tratamento.


Acesse: http://www.odiario.com/saude/noticia/492666/respire-pelo-nariz-e-viva-melhor/n e leia outros artigos.