O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Perfil dos Pacientes Acompanhados por um Programa Especí­fico de Gerenciamento de Doenças Crônicas de um Home Care da Cidade do Recife

O conteúdo deste artigo ressalta em seu conteúdo o que um paciente portador de doença crônica necessita de melhoras e boa qualidade em sua saúde através de um gerenciamento de risco e prevenção.  O artigo foi produzido e feito pelas profissionais de saúde, Cintia Pinto, Ruana Samira e Wyndira Marhalle .  O estudo do artigo tem o objetivo de traçar o perfil de pacientes acompanhados pelo programa de gerenciamentos crônicos, onde são analisados: idade, sexo e patologias acometidas assim deixando a equipe que está cuidando do paciente, com maior controle sobre o tratamento.


PINTO, C. M. S.¹; LIMA, r. S.²; E.VENÂNCIO, w. M. s. n.³


O paciente portador de doença crônica necessita de promoção de saúde, gerenciamento de risco e prevenção quanto a novas doenças. Uma equipe multiprofissional da área de saúde de um home care da cidade do Recife compõe um programa específico de cuidados aos pacientes portadores de doenças crônicas, visando organizar e sistematizar a assistência domiciliar prestada ao paciente promovendo maior qualidade de vida e controle das necessidades diárias.

O estudo tem como objetivos traçar o perfil dos pacientes acompanhados pelo programa de gerenciamentos de crônicos, quanto à idade, sexo e patologias mais acometidas, bem como divulgar a equipe multiprofissional que presta os cuidados aos pacientes do programa.

Metodologia: O trabalho se caracteriza como um estudo descritivo exploratório de caráter quantitativo, realizado em um home care da cidade do Recife, a amostra é composta pelos pacientes internados acompanhados pelo programa de gerenciamento de pacientes crônicos totalizando 54, 02% do total de pacientes que estão sob os cuidados na instituição. Os dados foram coletados no mês de setembro de 2010 mediante a uma planilha, baseada no plano de cuidados prestados aos pacientes.

Resultados e considerações finais: Após o estudo percebeu que o perfil dos pacientes acompanhados por um programa específico gerenciamento crônicos de um home care da cidade do Recife é que a maioria dos pacientes desse programa é do sexo feminino (61%), maiores de 60 anos (81%) as principais patologias são hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença de Alzheimer, seqüelas/ AVC e doença de Parkinson, sendo a mais prevalente, a hipertensão arterial acometendo 56% dos pacientes do programa. Todos são acompanhados per uma equipe multipofissional composta por enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e nutricionistas, o que garante um atendimento sistematizado, completo e personalizado. Proporcionando meios e recursos que tragam soluções efetivas para os problemas e desafios da saúde, buscando a longevidade e qualidade de vida com toda a equipe disponível vinte e quantas horas por dia.


Referencias bibliográficas

ABRAHÃO, S. M. Home Care Cuidados Domiciliares Protocolo para a prática clinica. São Paulo (SP): Guanabara Koogan, 2007.

ALBUQUERQUE SMRL de. Assistência domiciliar: diferencial na qualidade de vida do idoso portador de doença crônica. [dissertação]. São Paulo (SP): Faculdade de Medicina/USP; 2001;

CARTELI SMM, Rejani MI. Atenção domiciliária ao paciente idoso. In: Papaléo Netto M. Gerontologia. São Paulo (SP): Atheneu; 1996;

DUARTE,YA de O, Diogo MJD. Atendimento Domiciliar: um enfoque gerontológico. São Paulo (SP): Atheneu; 2000;


English version