O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Pela Dra. Lillian Cordeiro - Envelhecimento Saudável – Alimentação Saudável para Idosos


Confira as orientações da coordenadora médica do FiqBem para um envelhecimento saudável

Dra. Lillian Cordeiro é formada pela UFPE em medicina 2002, com residência médica em clínica médica pelo HC-UFPE 2004 e em endocrinologia pelo Hospital Agamenon Magalhães 2006. Especialista em Endocrinologia pela SBEM 2007. Com experiência em direção médica do Hospital São Marcos 2010-2013. Atual coordenadora médica do programa FiqBem da Interne Soluções em Saúde.


Alimentação Saudável para Idosos



Uma alimentação adequada é uma das principais estratégias para um envelhecimento saudável. A dieta balanceada e fracionada representa um pilar importante para o bom funcionamento dos diversos sistemas orgânicos de todos os indivíduos, especialmente para os acima de 60 anos. A população idosa está mais susceptível a doenças crônicas e quadros disabsortivos o que requer uma demanda maior de alimentos de elevado poder nutricional. 

Seguem abaixo algumas dicas importantes: 


-  Beber bastante líquido, em média 6 copos por dia, salvo situações que limitem a ingestão hídrica.

- Ingerir fibras regularmente (cereais, frutas e legumes), que auxiliam o funcionamento do intestino.

- Dieta a cada 3 horas, fracionada, com consistência adaptada à capacidade de deglutição de cada paciente. Alguns pacientes precisarão usar dieta pastosa-cremosa, por dificuldades na deglutição.

- Restringir o consumo de gorduras, especialmente as saturadas (origem animal), afim de prevenir doenças cardiovasculares.

- Como a anemia é um problema frequente nesse grupo etário recomendamos uma ingestão de ferro adequada, através do consumo de carnes vermelhas e leguminosas.

- Uma oferta de cálcio diário também é aconselhável, na prevenção da perda óssea, podendo ser ingerido na forma de leite e seus derivados (iogurtes, queijo).