O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Distúrbios do sono também podem ser tratados pela odontologia

Na próxima segunda-feira (23), a odontóloga do sono do programa DurmaBem, Dra Sandra Jordão, estará no Parque da Jaqueira dando explicações a população.

Na próxima segunda-feira, 23, a Interne Soluções em Saúde vai realizar, por mais um ano, no Parque da Jaqueira – ações de esclarecimentos para a população a respeito da qualidade do sono – visto que hoje, 21 de março, se comemora o Dia Mundial do Sono. A odontóloga do sono do programa DurmaBem, Dra. Sandra Jordão, participará também do evento. 

Dentre os profissionais que participarão do evento, a Dra. Sandra vai explicar para a população a importância da odontologia do sono. Área esta que permite ao dentista atuar no tratamento dos distúrbios do sono relacionados a odontologia, como: ronco e apneia obstrutiva do sono (SAOS); síndrome da resistência das vias aéreas superiores (SRVAS) e os distúrbios do sono relacionados ao sistema mastigatório que são o Bruxismo do Sono e a Dor Orofacial. 

De acordo com a doutora é preciso que o dentista entenda dos distúrbios do sono para poder exercer função nesta área. “Entendendo desses distúrbios, pode-se trabalhar em parceria com uma equipe multidisciplinar. Como é no caso do programa DurmaBem – onde trabalhamos com outros profissionais”, falou a especialista. 

“Quando o paciente não se adapta ao tratamento tradicional da apneia e se faz necessário o uso de um aparelho oral para descobrir o problema e/ou outros distúrbios – é aí que entra o odontólogo do sono, contou. 

De acordo com a Dra. Sandra o tratamento é feito com um aparelho que recebe o nome de Intraoral de Avanço Mandibular – um dispositivo que é colocado dentro da boca do paciente quando ele está dormindo. Segundo a odontóloga, este equipamento é individual e precisa ser feito de acordo com o molde próprio para a pessoa.

O uso deste equipamento vai ampliar os espaços das vias aéreas superiores e diminuir a resistência do ar. Tonificando, assim, a musculatura da orofaringe e ajudando a posicionar a língua de uma forma mais adequada para uma boa respiração durante o sono.

Orientar e tratar – junto com uma equipe, tais distúrbios do sono – pode evitar o surgimento de problemas de saúde graves, que podem afetar a memória, a pressão arterial, e até mesmo provocar o surgimento de doenças como o diabetes. 

Também é importante destacar uma noite mal dormida pode estar relacionada, além de fatores otorrinolaringológicos ou odontológicos, à alimentação inadequada, uso de drogas lícitas ou ilícitas, problemas de ordem psicossocial, doenças orgânicas, maus hábitos, falta de rotina, sobrecarga de funções, dentre outros. 

Segundo a Dra. Sandra Jordão, na próxima segunda – sua participação no evento promovido pela Interne, no Parque da Jaqueira – a partir das 07h até às 16h – pretende mostrar o que são esses distúrbios do sono e como podem ser tratados pela odontologia. Além disso, levar aparelhos intraorais para a população conhecer e também poder traçar um perfil dos pacientes.

   


Sobre o DurmaBem:

O Programa DurmaBem, da Interne Soluções em Saúde, tem como objetivo solucionar os impactos provocados pelos distúrbios do sono na qualidade de vida das pessoas. Pioneiro, ele possui uma equipe multidisciplinar, que diagnostica e trata os problemas do sono através de um programa de educação totalmente voltado para o assunto.



INTERNE