O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

CuraBem: O olhar de uma enfermeira faz toda a diferença para seu surgimento


Após um Simpósio no Albert Einstein, em São Paulo – Janaína Morais percebe que o programa poderia ganhar ainda mais forças para se consolidar e se tornar um verdadeiro sucesso.


Na terceira matéria da série “CuraBem: um nome a frente da ideia, uma equipe por trás do sucesso!”, você vai conhecer o restante da história deste programa, que o leva a consolidação e o sucesso que é hoje.

Em 2009, a enfermeira e Gerente do CuraBem, Janaína Morais foi à cidade de São Paulo para um Simpósio no Albert Einstein, em São Paulo, acompanha da Gerente de Enfermagem da Interne Soluções em Saúde Mônica Ruiz, Gerente de Expansão Dalvânia Braga e da ex-enfermeira da empresa Wyndira Marhalle, onde elas levaram trabalhos científicos para serem apresentados lá.

Janaína e Wyndira, levaram os seguintes trabalhos: “Implantação do protocolo de padronização de tratamento e prevenção de feridas em um Home Care da cidade do Recife com proposta de farmacoeconomia. X Simpósio Brasileiro de Assistência Domiciliar, SP, outubro, 2009.”; e o “Perfil dos pacientes acompanhados por um programa específico de cuidados aos portadores de feridas e estomias de um Home Care da cidade do Recife, SP, outubro, 2009.”

“Foi muito motivador, sempre dei muito valor a qualificação e foi devido ao estudos que hoje consegui o meu desenvolvimento profissional, identifiquei  o quanto que tínhamos oportunidades de crescimento dentro da atenção domiciliar, pois é um ramo bastante carente de profissionais e com pouco artigos cientificos, quando nos deparamos com inovações apresentadas e até mesmo experiências precisamos agarrar com todas as forças e tentar implantar, voltei com varias ideias na cabeça para o CuraBem, pois o mesmo surgiu em 2008 e o Simpósio foi em 2009,” relatou Janaína.

Com sua visão humana e holística que a enfermagem proporciona – Janaína agregou tudo que aprendeu ao programa. “O CuraBem já tinha surgido, inclusive levei como trabalho os números de evolução do mesmo. Lá ganhamos o primeiro lugar em um trabalho sobre a visão do técnico de enfermagem na residência. E aí trouxe na minha cabeça a ideia de querer realmente um algo mais na minha vida e carreira profissional, tudo agrega valores a deixar as práticas empíricas e também enfatizar sempre a importância de valorizar o capital humano em busca de conhecimentos que sejam embasados em evidencias. Portanto esses aprendizados passaram a ser o lema do Curabem”, comentou a enfermeira.

Janaína sempre entendeu que o CuraBem não poderia parar ali e que quanto mais ela se qualificasse, mais o programa se consolidaria e ganharia fama e reconhecimento. “O que pensávamos era e até hoje considero grande, não tínhamos porque parar. É preciso inovar, crescer, e crescimento representa sair sempre em busca de seus ideias, ser diferente e ao mesmo tempo buscar no mercado algo que fosse para mim agradável e satisfatório. Entendi que precisava de capacitações e de aprofundamento no que escolhi seguir: o cuidado com a pele. E faço com que minha equipe procure o mesmo, capacitações cientificas para termos além de tudo, a excelência no atendimento especializado”, frisa com ênfase a Gerente do CuraBem.


INTERNE