O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Sensação de sonolência durante o dia pode atrapalhar seu rendimento e concentração


Além disso, várias doenças e distúrbios do sono podem estar relacionados com este problema, que atinge milhões de pessoas todos os dias.

Quem é que nunca ficou bocejando por horas e horas no trabalho, no colégio ou na faculdade? Pois é! Sentir muito sono durante o dia pode ser consequência de algum distúrbio. Geralmente as pessoas tendem a atribuir a sonolência excessiva ao cansaço do trabalho, das tarefas de casa etc. Porém, sentir muita soneira pode significar algo mais, afinal, o sono em excesso nunca é normal.

Sonolência, ou hipersonia, é uma condição em que o paciente sente muito sono durante o dia – e às vezes acaba dormindo – ou tem um sono prolongado durante a noite.

Cada pessoa precisa de uma quantidade específica de horas de sono para se sentir bem. Alguns precisam dormir por nove horas, enquanto outros funcionam perfeitamente dormindo apenas sete horas por noite. Contudo, pode ser um distúrbio do sono quando alguém dorme dez horas ou mais por noite, tem períodos de “soneca” durante o dia e ainda se sente cansado ou sonolento.

O sono em excesso pode ser algo mais: anemia, doenças crônicas e até distúrbios hormonais como o hipotireoidismo. Além disso, de acordo com os médicos, a obesidade também ocasiona muita sonolência, assim como a má alimentação e o uso indiscriminado de medicamentos.

Veja logo abaixo uma matéria publicada no Diario de Pernambuco que fala a respeito das consequências que a sonolência durante o dia pode nos trazer:


Sonolência durante o dia não é um bom sinal; veja dicas para melhorar a qualidade do sono

Sensação pode causar pequenos acidentes de trabalho ou diminuir o rendimento e a concentração


Síndrome da sonolência excessiva diurna é uma doença e precisa ser tratada. Arte: EM/D.A Press

Segundo o doutor Salomão Carui, especialista em medicina do sono e halitose, do hospital Israelita Albert Einstein, a sonolência durante o dia não é um bom sinal e significa que o corpo não descansou adequadamente à noite. Essa sonolência pode causar pequenos acidentes de trabalho ou diminuir o rendimento e a concentração.

Algumas doenças podem fazer com que o indivíduo sinta sono durante o dia, como insônia, síndrome das pernas inquietas, síndrome da sonolência excessiva diurna, obesidade, apneia do sono, narcolepsia e sonambulismo, que, geralmente, são tratados apenas com ajuda médica. Para quem não sofre de nenhuma doença citada, o doutor enisina algumas atitudes para melhorar a qualidade do sono:


- Evitar ficar na frente do computador e da televisão duas horas antes de dormir;

- Dormir num quarto silencioso e confortável. Uma boa dica é comprar um tapa-ouvido que se usa para natação e utilizá-lo para dormir, se a vizinhança for muito barulhenta ou o paciente, muito sensível ao som;

- Fazer a última refeição até uma hora antes de ir se deitar, para evitar a indigestão;

Nunca se alimentar na cama;

- O quarto deve ser o máximo possível escuro;

Evitar ficar pensando em muitas coisas depois de deitar. Tenha pensamentos calmos e serenos e evite as preocupações;

- Tomar banho quente de chuveiro ou de banheira para relaxamento muscular;

- Dormir em posição correta, de lado, preferencialmente à direita, com travesseiro na altura do ombro para que a cabeça e a coluna vertebral fiquem absolutamente alinhadas e um travesseiro entre as pernas ou as mãos juntas, entre as coxas.


Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2015/05/31/internas_cienciaesaude,579060/sonolencia-durante-o-dia-nao-e-um-bom-sinal-veja-dicas-para-melhorar-a-qualidade-do-sono.shtml



Fonte de pesquisa: http://www.minhavida.com.br/


INTERNE