O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Insônia pode ter relação com sensibilidade à dor, segundo estudo.


As taxas de baixa tolerância à dor são 52% mais elevadas nas pessoas que sofrem de insônia mais de uma vez por semana.

Você já deve saber que a insônia é um distúrbio persistente que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer dormindo durante toda a noite.

Pessoas que vivem com este distúrbio, geralmente, começam o dia já se sentindo cansadas, têm problemas de humor e falta de energia e têm o desempenho no trabalho ou nos estudos prejudicado por causa dele. A qualidade de vida do indivíduo, em geral, costuma ficar comprometida pela insônia.

Muitos adultos apresentam insônia em algum momento da vida, mas algumas pessoas têm insônia crônica, que pode perdurar por um período de tempo muito maior do que o normal. Ela pode ser, ainda, um distúrbio secundário causado por outros motivos, como doença ou uso indevido de medicação.

E segundo uma pesquisa do Instituto Norueguês de Saúde Pública, publicada pela Associação Internacional para o Estudo da Dor, as pessoas que possuem insônia são mais sensíveis à dor. Veja logo abaixo uma matéria que fala sobre o assunto:


Estudo diz que pessoas que têm insônia são mais sensíveis à dor


De acordo com uma pesquisa do Instituto Norueguês de Saúde Pública, publicada pela Associação Internacional para o Estudo da Dor, pessoas que têm problemas para dormir também podem ser mais sensíveis à dor. As informações são do Daily Mail.

Na análise, mais de 10 mil adultos participaram de um teste padrão de sensibilidade à dor, mantendo suas mãos submersas em água fria durante o tempo que aguentarem. Desse número, somente 32% conseguiram aguentar os 106 segundos propostos.


No estudo, mais de 10 mil adultos participaram de um teste padrão de sensibilidade à dor.

No estudo, os pesquisadores chegaram à conclusão de que, em comparação com as pessoas que não têm problemas para adormecer, as taxas de baixa tolerância à dor eram 52% mais altas nas que sofrem de insônia mais de uma vez por semana e 24% quando o problema ocorre uma vez por mês – o que as fez tirar as mãos da água antes.

Os níveis de sensibilidade estavam relacionados ao tempo necessário para adormecer, e não à duração do sono. No entanto, os cientistas ainda não têm uma explicação para o resultado. Alguns fatores psicológicos também podem contribuir para a relação entre a insônia e a dor, mas outras pesquisa teriam que ser realizadas.


Fonte: https://catracalivre.com.br/geral/saude-bem-estar/indicacao/estudo-diz-que-pessoas-que-tem-insonia-sao-mais-sensiveis-a-dor/



Fontes de pesquisas: http://www.fundasono.org.br

  www.sono.org.br


INTERNE