O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Neste Dia Mundial sem Carro, a Interne lembra os benefícios que uma pedalada oferece à saúde!


Sempre que possível, optando por outras formas de deslocamento, estaremos contribuindo por uma sociedade melhor em vários aspectos, do social ao cultural, do político ao econômico, incluindo até mesmo a diminuição do nível de estresse no trânsito – melhorando assim nossa saúde.

O Dia Mundial Sem Carro, ou World Car Free Day, é comemorado anualmente em 22 de Setembro. A data foi criada com o objetivo de incentivar as pessoas a refletirem sobre os enormes problemas que o uso excessivo dos veículos, nas grandes cidades, pode causar ao meio ambiente e ao bem-estar da sociedade.

Os promotores do evento aconselham a população a deixar os carros e motos em casa e experimentar utilizar, durante todo o dia, meios de transportes alternativos e que não poluam a atmosfera.  As bicicletas são sempre uma das melhores opções para a maioria dos aderentes ao movimento.

Andar de bicicleta regularmente rende bons frutos, como melhorar o humor, porque libera serotonina na corrente sanguínea e também melhora a circulação sanguínea, sendo útil para combater o inchaço e a retenção de líquidos. Outros benefícios de andar de bicicleta são:


1. Emagrecimento – porque é um exercício que gasta cerca de 200 calorias em 30 minutos;

2. Engrossa as pernas – porque fortalece esta musculatura, sendo útil também para combater a celulite desta região;

3. Reforça o sistema imune, deixando o corpo mais resistente aos micro-organismos;

4. Melhora a saúde do coração – porque com o condicionamento físico o coração pode fazer menos esforço para bombear a mesma quantidade de sangue;

5. Aumenta a capacidade respiratória – porque promove a expansão dos pulmões, havendo maior oxigenação do sangue;

6. Acelera o metabolismo, fazendo o indivíduo gastar mais calorias mesmo estando parado.


Estando atendo aos cuidados com alimentação, condicionamento e aptidão – a prática da pedalada torna-se bastante compensadora.

Lembre-se que exercícios simples, como caminhar ou andar de bicicleta, ajudam a prevenir doenças crônicas como obesidade, colesterol alto e hipertensão.

O uso do carro no nosso dia a dia é, sem dúvidas, importante. Podemos nos deslocar rapidamente em casos de extrema necessidade e urgência, além de poder transportar uma grande quantidade de coisas. Porém, se, sempre que possível, optarmos por outras formas de deslocamento, estaremos contribuindo por uma sociedade melhor em vários aspectos, do social ao cultural, do político ao econômico, incluindo até mesmo a diminuição do nível de estresse no trânsito – melhorando assim nossa saúde.


Origem do Dia Mundial Sem Carro

O Car-Free Day começou oficialmente na França, em 22 de Setembro de 1997, e logo em seguida se espalhou por milhares de outras cidades europeias.

Com o sucesso dos eventos, em 2002, a comissão organizadora do Dia Europeu Sem Carro, lançou a Semana Européia da Mobilidade.

No Brasil, a data foi comemorada pela primeira vez em 2001, nas cidades de Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas (RS); Piracicaba (SP); Vitória (ES); Belém (PA); Cuiabá (MT), Goiânia (GO);Belo Horizonte (MG); Joinville (SC); São Luís (MA), onde os participantes organizaram "bicicletadas" para celebrar o dia e conscientizar a população.

Inspirados no modelo europeu, o Brasil também aderiu a Semana da Mobilidade e, desde 2010, prepara uma agenda com discussões e atividades para ajudar a desenvolver um senso critico na sociedade sobre os grandes males que o CO2 liberado pelos carros e motos podem causar ao meio ambiente e à saúde humana.

Em 2014, a Semana da Mobilidade acontece entre os dias 16 e 22 de Setembro, em várias cidades brasileiras.


Fontes de pesquisa:  http://www.minhavida.com.br/

  http://www.brasilescola.com/

  http://vadebike.org/


INTERNE