O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

DICA CULTURAL DA INTERNE: Lazer também é saúde! (Especial de Férias)

Teatro Arraial recebe nesta quarta-feira (20) a leitura dramatizada da obra “Os Corpos Perdidos”.


A atividade integra a programação do 16º Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, e contará com as presenças da encenadora paulista Cibele Forjaz, do Coletivo Angu de Teatro e de atores convidados.

 

O palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna sedia nesta quarta-feira (20), a partir das 20h, a leitura dramatizada do livro Os Corpos Perdidos, do escritor espanhol José Manoel Mora. A atividade, que integra a programação do 22º Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, conta com a direção da encenadora paulista Cibele Forjaz e a participação do elenco do Coletivo Angu de Teatro, além de vários atores pernambucanos convidados. Além de promover um intercâmbio entre os artistas pernambucanos e a diretora Cibele Forjaz, essa leitura coloca-nos, no caso o Teatro Arraial Ariano Suassuna, dentro da rota do Janeiro de Grandes Espetáculos, que é um dos festivais mais importantes da cena cultural da cidade.

Após a leitura, haverá o lançamento dos livros A Paz Perpétua, de Juan Mayorga, com tradução de Aderbal Freire-Filho, e Os Corpos Perdidos, de José Manuel Mora, com tradução de Cibele Forjaz e colaboração de Kako Arancibia, no Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães. Tanto a leitura quanto o lançamento das publicação fazem parte do Projeto de Internacionalização da Dramaturgia Espanhola, que envolve diferentes artistas brasileiros de teatro e promove um encontro entre encenadores e tradutores com textos fundamentais da rica produção contemporânea da Espanha. O projeto a um só tempo articula tradução, edição, criação artística, intercâmbio, registro, reflexão e difusão. O acesso é gratuito.

A iniciativa, promovida pela Acción Cultural Española – AC/E, encontrou o apoio do TEMPO_FESTIVAL (Rio de Janeiro), que convidou a Editora Cobogó a publicar as peças, e quatro prestigiosos festivais de artes cênicas de diferentes pontos do Brasil para somarem forças. O projeto passou, assim, a congregar o Porto Alegre em Cena – Festival Internacional de Artes Cênicas; Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília; Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia – FIAC; e Janeiro de Grandes Espetáculos – Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco, que conta com o patrocínio do Governo do Estado, através da Secult-PE e Fundarpe.

 

Serviço:

Leitura dramatizada da obra Os Corpos Perdidos

Quando: 20/1 (quarta-feira), às 20h

Onde: Teatro Arraial Ariano Suassuna (R. da Aurora, 457 – Boa Vista, Recife – PE)

Quanto: acesso gratuito – as senhas precisarão ser retiradas uma hora antes do início da leitura.

 

Lembre-se que lazer também é saúde!


INTERNE