O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Série Conexão Home Care: Home Care reduz em 30% o risco de readmissão Hospitalar


Pacientes que usam serviços de home care são menos propensos a serem readmitidos em hospitais, economizando muito dinheiro com os sistemas hospitalares de cuidados de saúde. Esta é a conclusão de estudo conduzido pela consultoria americana Quality Insights Quality Innovation Network contratada pela agência de saúde americana (Centers for Medicare & Medicaid Services – CMS).

Segundo o estudo, realizado no ano-calendário 2014, os pacientes que recebem assistência médica em casa são 30% menos propensos a retornar ao hospital, um número que diminui ainda mais quando o paciente em questão tem várias doenças crônicas.

O estudo procurou determinar a eficácia dos serviços de saúde realizados em casa e seu impacto em prevenir a readmissão do paciente no hospital trinta dias após a alta da internação hospitalar.

Do total de pacientes que receberam alta no período analisado pelo estudo, 71,76% optaram por receber a continuidade do tratamento em casa, enquanto 28,23% optaram por não utilizar a assistência. A taxa de readmissão hospitalar nesse período de trinta dias entre os beneficiários que optaram pela assistência foi menor do que aqueles que não o fizeram, em 17,2%, em comparação com 24,5%.

O modelo de saúde americano é diferente do modelo adotado no Brasil. Entretanto as iniciativas da agência de saúde americana em planejar ações para reduzir reinternações hospitalares fornecem indícios de que quando as estratégias corretas são estabelecidas elas podem efetivamente reduzir as taxas de hospitalização e reduzir a despesa global com os serviços de saúde.

O programa Melhor em Casa, de iniciativa do Ministério da Saúde, vem aos poucos demonstrando progressos nesse sentido, um melhor atendimento para a população, pessoas saudáveis, acesso aos pacientes que dependem do leito hospitalar (desocupado), e gastos mais inteligentes. Resta ao Ministério da Saúde ampliar a abrangência do programa e tornar público dados e informações acerca da evolução dos cuidados da assistência domiciliar.

Fonte: http://conexaohomecare.com/home-care-reduz-em-30-o-risco-de-readmissao-hospitalar/