O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Dia 31 de Agosto: Dia do Nutricionista

 


A Nutrição é a ciência que estuda os alimentos e os aplica às necessidades nutricionais do homem. E seu profissional é o nutricionista, responsável por planejar programas de alimentação, preparar dietas e cardápios, supervisionar a produção de alimentos e cozinhas de indústrias e restaurantes, além de acompanhar o regime alimentar de atletas.

 

O nutricionista pode atuar em diversas áreas e setores. Na área de saúde pública, atua no planejamento de programas de merenda escolar e alimentação, em creches e postos de saúde. Dentro de uma empresa gerenciando a produção de alimentos. Na área nutrição clínica, o profissional avalia o estado nutricional dos pacientes em consultórios e hospitais e prescreve dietas de acordo com a enfermidade constatada. Na área de nutrição esportiva, pode trabalhar em clubes, academias, confederações e será responsável por planejar os cardápios e as dietas adequadas às atividades físicas desempenhadas pelos atletas, além de outras áreas.

 

A nutricionista da Interne Carol Fisner fala sobre a importância da carreira para o desenvolvimento humano. “As pessoas precisam se alimentar bem, para poder ter uma maior longevidade. Isso não quer dizer se privar dos alimentos, mas sim saber quando comer e a quantidade. A nutrição é importante para que a pessoa possa emagrecer e ter uma vida saudável usando os alimentos como principal “remédio” para a manutenção do corpo humano”, explicou Carol.

 

No entanto as pessoas devem ficar atentas quanto às dietas da moda. “Essas dietas são consideradas arriscadas e não devem ser seguidas a risca. Não é porque está em uma revista que a pessoa deve fazer exatamente. Cada pessoa tem um biótipo diferente e deve respeitar isso. Quando uma pessoa faz uma dieta e restringe os nutrientes, no futuro o corpo vai cobrar essa conta. A pessoa vai ficar mais cansada, perder nível de concentração, ter baixo rendimento, afetar qualidade do sono, funcionamento intestinal. Existe uma diferença entre nutrição e dietas da moda”, Finaliza a nutricionista.

 

Então antes de começar com sua dieta ou atividade física, procure um profissional adequado e especialista no assunto para que ele possa lhe orientar como proceder em cada situação e fazer a alimentação de forma correta, sem que para isso você possa se abdicar de outros nutrientes.

 

Aqui vão algumas dicas para uma alimentação saudável (não se esqueça de procurar um nutricionista para ter uma melhor orientação):


  • Coma abundantemente cereais, frutas e vegetais. Esses alimentos são ricos em nutrientes essenciais para o organismo.

 

  • Mantenha um peso saudável. O excesso de gordura no corpo aumenta os riscos para hipertensão arterial, doenças do coração, enfarte, diabetes e outras doenças. Por outro lado, a perda de peso também acarreta riscos à saúde como o aparecimento de osteoporose, e irregularidades menstruais (no caso das mulheres).

 

  • Coma regularmente. Pular refeições pode levar a um descontrole da fome, podendo resultar numa indigestão. Procure fazer de quatro a seis refeições em intervalos de três em três horas.

 

  • Reduza certos alimentos, não os elimine completamente. Se os seus alimentos preferidos são ricos em gordura, sal ou açúcar, não exagere na quantidade de sua ingestão.

 

  • O que fica e o que sai do cardápio. Prefira sempre os alimentos grelhados, assados e cozidos e evite as frituras. Evite também enlatados, doces e refrigerantes.

 

  • Beba bastante líquido diariamente. O corpo humano precisa de, no mínimo, 2 litros de água todos os dias, que devem ser ingeridos, preferencialmente, no intervalo das refeições.