O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Boa saúde mental e espiritual é também qualidade de vida!


A Interne destaca que dedicar alguns minutos do seu dia para relaxar a sua mente e sua alma é uma formula eficaz para conseguir mais disposição. Venha descobrir mais sobre o assunto, na matéria.

 

A Interne Soluções em Saúde aproveita para tentar desmistificar o conceito errôneo de achar que saúde mental só tem a ver com a falta de sanidade – em termo mais popular, a ver somente com a “loucura”.

A maior parte das pessoas, quando ouve falar em “Saúde Mental” pensam em “Doença Mental”. Mas, é preciso entender que ela implica muito mais que a ausência de doenças mentais. Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que ninguém é perfeito, que todos possuem limites e que não se pode ser tudo para todos.

Elas vivenciam diariamente uma série de emoções como alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração. São capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida.

A saúde mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e ao modo como harmoniza seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções. Todas as pessoas podem apresentar sinais de sofrimento psíquico em alguma fase da vida.

Os tipos mais frequentes de perturbações da mente são:

 

1. Perturbações mentais orgânicas e sintomáticas: Alzheimer, delírio;

2. Perturbações mentais e comportamentais devidos ao abuso de substância psicoativa: Consumo de álcool (Alcoolismo), síndrome de dependência de opiáceos (alucinógenos);

3. Esquizofrenia, perturbações esquizotípicas e perturbações delirantes

4. Perturbações do humor: Perturbação afetiva bipolar, episódios depressivos;

5. Perturbações neuróticas: Relacionadas com o estresse, ansiedade generalizada ou perturbações obsessivo-compulsivas;

6. Síndromes comportamentais associadas a disfunções fisiológicas e a fatores físicos: Perturbações da alimentação, perturbações não orgânicas do sono;

7. Perturbações da personalidade e do comportamento do adulto: Por exemplo, perturbações paranoicas da personalidade e atraso mental;

8. Perturbações do desenvolvimento psicológico: Perturbações específicas da leitura, autismo infantil.

 

Para manter sua saúde mental em dia:

 

- Mantenha sentimentos positivos consigo, com os outros e com a vida;

- Aceite-se e às outras pessoas com suas qualidades e limitações;

- Evite consumo de álcool, cigarro e medicamentos sem prescrição médica

- Não use drogas;

- Pratique sexo seguro;

- Reserve tempo em sua vida para o lazer, a convivência com os amigos e com a família;

- Mantenha bons hábitos alimentares, durma bem e pratique atividades físicas regularmente.

 

Dedicar alguns minutos da manhã à mente é uma formula eficaz para conseguir mais disposição. Ao acordar, tente relaxar, meditar e mentalizar com muita calma o que você vai fazer durante o dia, assim, evita o cansaço físico e mental.

Quando estiver doente, procure pensar em outras coisas e se envolva em atividades diferentes. Faça cursos, exercícios e esteja sempre estimulando o cérebro com algo novo. Dessa forma, nos preocupamos menos e sofremos menos.

Exercitar a mente para relaxar também ajudar a ter uma paz espiritual melhor – e juntas: a saúde dos pensamentos e da alma – são um bom caminho para uma mais qualidade de vida.

 

Fontes de pesquisa: http://revistavivasaude.uol.com.br/

  http://www.maisequilibrio.com.br/